Como é que as aranhas fazem as suas teias?

Índice

Como é que as aranhas fazem as suas teias?

Como é que as aranhas fazem as suas teias?

Essa seda líquida sai através de microcóspicas estruturas chamadas fúsulas, encontradas nas fiandeiras, na região posterior do abdômen da aranha. Ao ser puxada pelas pernas posteriores ou por meio de movimentos do abdômen, ela passa do estado líquido para o sólido, formando um fio.

Qual a possibilidade de utilização da teia de aranha?

  • Outra possibilidade de utilização da teia de aranha é na criação de tendões, ligamentos e membros artificiais, devido à sua elasticidade e resistência, além do fato de que não houve nenhum indício de rejeição. Com tudo isso, a utilidade das aranhas já é incontestável. Então, devemos ter cuidado na preservação destes animais na natureza.

Por que as aranhas comem teias?

  • A teia possui compostos que a conservam, como por exemplo: a pirolidina, o fosfato de potássio e o nitrato de potássio. O que faz com que elas não sejam decompostas por bactérias e fungos. Aranhas comem as próprias teias, para que possam produzir mais, reaproveitando e reciclando a proteína existente.

Como usar o fio da teia de aranha?

  • O fio da teia de aranha é muito resistente e ao mesmo tempo flexível. Portanto, poderia ser utilizado, por exemplo, para a confecção de coletes a prova de balas e na fabricação de pára-choques, sem falar nas possíveis utilizações farmacêuticas. A dificuldade é como obter um grande quantidade desse fio para utilizá-lo em larga escala.

Quais são as aranhas?

  • Existem cerca de 35 mil espécies de aranhas, dentre as quais há as que são peçonhentas ou venenosas, as que fazem teias, as que atacam e as que liberam seus pêlos para se defenderem. A grande maioria delas não causa grandes problemas ao ser humano.

Postagens relacionadas: