Qual é a função da paroxetina?

Índice

Qual é a função da paroxetina?

Qual é a função da paroxetina?

Cloridrato de Paroxetina é indicado para o tratamento dos sintomas do transtorno depressivo maior.

Como diminuir os efeitos colaterais do cloridrato de paroxetina?

O olhar positivo diante dos efeitos colaterais pode ser a causa do sucesso de um tratamento com a Paroxetina. Tente: Tomar mais água; aumentar a ingesta de fibras (a farinha de linhaça é uma boa. o consumo de próbióticos (como os à base de lactobacilos ou o Kefir) são uma boa solução.

Qual antidepressivo substitui a paroxetina?

Fluoxetina e paroxetina São inibidores seletivos da recaptação de serotonina. As Dias podem ser utilizadas Na síndrome do pânico. A fluoxetina pode ser tão eficaz quanto a Paroxetina.

Como a paroxetina pode ser prescrita?

  • A paroxetina é um antidepressivo eficaz no tratamento dos sintomas e prevenção de recorrência da depressão, do transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e da Doença do Pânico, além de estar indicada no tratamento da Fobia Social. A paroxetina pode ser comprada nas farmácias convencionais com o nome comercial de Pondera, Aropax ou Cebrilin ...

Por que a paroxetina é indicado para adultos?

  • Paroxetina é indicado para o tratamento de ADULTOS que apresentam algumas das condições abaixo: - depressão (mesmo que, anteriormente, outros antidepressivos não tenham sido eficazes); - comportamento obsessivo ou compulsivo (incontrolado); - ataques de pânico, inclusive os causados por fobia (pavor) de lugares abertos (agorafobia);

Por que a paroxetina pode ser usada no tratamento da depressão?

  • A paroxetina é um medicamento indicado como no tratamento dos sintomas e prevenção de recorrência da depressão, do transtorno obsessivo compulsivo, da doença do pânico, do transtorno de ansiedade generalizada, e pode ainda ser usada no tratamento da fobia social e do transtorno de estresse pós traumático.

Quais são as reações adversas do cloridrato de paroxetina?

  • Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Cloridrato de Paroxetina? As reações adversas associadas ao uso de Cloridrato de Paroxetina são listadas abaixo. Algumas delas podem diminuir em intensidade e frequência com a continuidade do tratamento e geralmente não levam à sua suspensão. Muito raras (<1/10.000), incluindo casos isolados.

Postagens relacionadas: