Para que serve choque na barriga?

Índice

Para que serve choque na barriga?

Para que serve choque na barriga?

O que é? Tratamento não invasivo para diminuir gordura e tonificar os músculos do abdômen e dos glúteos. Resultados esperados: Bumbum mais empinado e abdômen definido. Duração: 30 minutos por sessão.

Qual a origem do equipamento das ondas de choque?

No início da década de 90 na Alemanha e Áustria, através de estudos científicos, verificaram que este método de tratamento também era eficaz em patologias ortopédicas, e devido aos bons resultados da terapia, em 1997 foi constituída a sociedade “European Society For Muscoloskeletal Shockwave Therapy (ESMST)“.

Como funciona o tratamento com ondas de choque?

  • Dessa forma, o tratamento com as ondas de choque pode ser usado para acelerar a recuperação ou aliviar a dor no caso de inflamações crônicas como tendinite, fascite plantar, esporão no calcanhar, bursite ou epicondilite do cotovelo, por exemplo.

Quais são as ondas de choque focais?

  • As ondas de choque focais são formadas por um gerador do tipo piezoelétrico, eletro-hidraulico ou eletromagnético; têm uma energia cerca de 10 vezes maior e focalizam o seu campo de ação num único ponto. Devido às suas características têm uma ação mais profunda nos tecidos biológicos.

Qual a diferença entre ondas de choque e doença vascular?

  • Insuficiência circulatória ou doença vascular. O aparelho de ondas de choque da Ibramed acompanha 8 ponteiras, sendo 4 metálicas e 4 de plástico, podendo ser utilizada até duas ponteiras na mesma sessão. Além disso, ele acompanha um revestimento para a ponteira a fim de tornar a aplicação mais confortável e para uso em face.

Qual a semelhança das ondas de choque?

  • Apesar da sua semelhança com um US, as ondas de choque apresentam características diferentes: têm grandes amplitudes de pressão e são representadas por um único pulso positivo, seguido de uma pequena onda de tensão e necessitam de um meio para se propagarem – ar; água ou tecido biológico.

Postagens relacionadas: