Em quais casos utilizar a fluidoterapia?

Índice

Em quais casos utilizar a fluidoterapia?

Em quais casos utilizar a fluidoterapia?

A fluidoterapia veterinária é bastante utilizada para resolver casos de desidratação canina, e o processo é parecido com o usado em seres humanos....Quando o pet apresenta grau de desidratação maior de 5% é possível notar:

  1. Respiração ofegante;
  2. Perda de apetite;
  3. Apatia;
  4. Gengivas e língua secas;
  5. Olhos secos ou saltados;

Como fazer cálculo de fluidoterapia em animais?

Cães – 20 a 30 ml/kg em 20 min Gatos – 10 a 20 ml/kg em 20 min avaliar resposta e: a) segundo bolus; b) iniciar fluidoterapia de manutenção. Paciente necessita de 500mL em 24 horas. Equipo adulto: 1 gota = 0,1 mL => paciente necessita de 3,5 gotas/min, 1 gota a cada 17 segundos (0,35 ÷ 0,1; 60 segundos ÷ 3,5 gotas).

O que é a fluidoterapia?

A fluidoterapia é considerada um tratamento de suporte, tendo como principais objetivos expandir a volemia, corrigir desequilíbrios hídricos e eletrolíticos, suplementar calorias e nutrientes, auxiliar no tratamento da doença primária.

Como é feita a fluidoterapia em gatos?

Um dos procedimentos mais comuns é a fluidoterapia subcutânea, que é a aplicação de soro para combater a desidratação dos animais. — Quando têm a doença, os gatos aumentam a ingestão de água e, ao mesmo tempo, aumentam sua excreção. Então, fazemos o fluido para que ele não fique desidratado — explica Rochana.

Quanto tempo dura a fluidoterapia?

O tempo que tarda em se absorver é de 6 a 8 horas (alguns autores falam de 4 a 6 horas). CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DAS VIAS DE FLUIDOTERAPIA: Page 4 4 Via ORAL: desidratação menor do 7-8%.

Postagens relacionadas: